ASSOCIAÇÃO DE APOIO AOS FISSURADOS LÁBIO - PALATAIS
 
Home Quem Somos Nossa Missão Parceiros Contato
 
.
 
 
 
 
   
Algumas Dicas

- Na hora da amamentação, coloque o bebê quase de pé. Caso o bebê engasgue, basta incliná-lo de cabeça para baixo para desengasgar;

- Use calços nos pés da cabeceira do berço, assim você pode deitar o bebê de bruços sem usar travesseiros;

- Procure no seu Posto de Saúde por bicos e mamadeiras especiais que facilitam a alimentação de crianças com fissura labiopalatina

- Sempre deve ser feita a limpeza na região da fissura. Lave as mãos sempre que for alimentar o bebê;

- Depois da alimentação, faça a limpeza da boca com um cotonete úmido e água limpa. Se a criança já tiver dentes, um adulto deve ajudá-la com a escova de dentes.

 

 

                                                                                                         Orientações para a Família

Como os pais e parentes se sentem ao saber que o bebê nasceu com fissura?

É natural, inicialmente, que os pais tenham alguma dificuldade de aceitar a nova situação. Os sentimentos mais puros da maternidade/paternidade podem se misturar com ansiedade, dúvidas, medos e sensação de culpa. Levar o fato ao conhecimento dos parentes pode tornar-se uma tarefa difícil, mas é importante contar aos familiares e amigos o mais cedo possível, evitando avaliação e comentários fora da realidade.

O bebê pode ser alimentado normalmente?

Alguns bebês fissurados não têm problemas com relação a alimentação, outros podem apresentar algumas dificuldades. O uso de mamadeiras com bicos especiais ou o posicionamento correto do bebê na hora da alimentação pode resolver o problema. Nesses casos a mãe deve ser orientada por profissional especializado.

O bebê terá problemas para aprender a falar ?

Se a fissura atingir somente o lábio é improvável que haja problemas de fala. Entretanto se chegar até o céu da boca, além das cirurgias corretivas, haverá necessidade de tratamento fonoaudiológico.

Os dentes terão problema para nascer e crescer?

Se a fissura afetar somente o lábio, provavelmente os dentes não terão problemas. Mas se a fissura atingir a gengiva, onde os dentes nascem e crescem, o bebê necessitará de cuidados com profissionais especialistas.

O bebê terá retardamento mental?

Não!. Não há nenhuma relação entre a fissura e o desenvolvimento mental da criança. O ingresso na escola é fundamental e se surgirem problemas, os serviços de psicologia e pedagogia dos serviços especializados darão respostas aos pais e professores. Crianças que nasceram com fissura labiolatina devem ser tratadas com respeito, carinho e compreensão, como qualquer outra pessoa.
____________________________________________________________________________________________________________________________________________
       
         
  Praça Tertuliano Moraes Delfim, 64      
  Jardim Maringá      
  São José dos Campos/SP      
  CEP : 12243-530      
  (12) 3942-6533      
  email: aaflapsjc@yahoo.com.br      
         
       
  AAFLAP 2014 /2015 ©     Desenvolvimento: Agência APZ